O que significa fazer o estilo "Pin-up"?

Quando adotamos um determinado estilo, independente de qual seja, estamos comunicando algo (e daí a necessidade de estudar um pouquinho a respeito, antes de sair logo usando! O que você pretende comunicar com a sua imagem?). E quais os limites entre manter certos padrões característicos de determinado estilo e, ao mesmo tempo, também se destacar na multidão? É possível tanto caprichar e investir em uma produção completa, ou apenas trabalhar os detalhes. Vim falar um pouquinho a respeito, pra gente estabelecer exatamente o que significa, nos dias atuais, a gente fazer algo que remonta à década de 1940. Será que queremos sair por aí como verdadeiras caricaturas? Até poderíamos, né… Olha eu aí na foto, toda montada:

Nesta produção, como o objetivo era fazer um editorial para uma feira de moda Vintage, trabalhando a beleza e a moda década por década, procuramos uma caracterização a rigor.
Além da ocasião de fotos ou festas, podemos nos inspirar nas pin-up, seu estilo e seu significado para nossos looks do dia a dia. Essa é, na verdade, a proposta da oficina que ministro.
Vamos então entender exatamente o que significa o termo e o estilo pin-up.
(Produção do Randevú para editorial Vintage. Foto de Sophia Freitas.)
O termo foi documentado pela primeira vez em inglês em 1941; contudo, seu uso pode ser rastreado pelo menos até a década de 1890. As imagens “pin-up” podiam ser recortadas de revistas, jornais, cartões postais, cromo-litografias e assim por diante. Tais fotos apareciam frequentemente em calendários, os quais eram produzidos para serem pendurados (em inglês, pin-up) de alguma forma. Posteriormente, pôsteres de “pin-up girls” começaram a ser produzidos em massa. (retirado de Wikipédia)
Na década de 1940, a sensualidade da mulher, talvez como nunca antes, foi explorada pelo Cinema e pelos fotógrafos. Na parede dos alojamentos dos soldados que lutavam na II Guerra Mundial, destacava-se as mulheres em poses voluptuosas, pouco vestidas, com os cabelos soltos – surge então um novo símbolo de beleza: a bomba! As pin-up surgem como compensadoras das frustrações durante os anos da guerra. (retirado do livro La beleza del siglo – Los cánones femeninos en el siglo XX)
Hoje em dia (imaginem: depois de Madonna, Rihanna, Britney…………….), as imagens vintage das pin-up são quase inocentes (na sua época, causavam escândalo). E justamente é assim que vejo uma leitura atual a respeito: algo meio romântico e inocente (porque romantizamos tudo o que é antigo) com pitadas de sensualidade. Ser pin-up envolve postura, jeito de olhar, jeito de sorrir (com cantinho de boca, meio Monalisa!). Traduzindo um pouco mais: Sexy sem ser vulgar!
Esteticamente falando, este estilo envolve (como a foto bem ilustra), olhos e bocamarcados. Mesmo usando diferentes recursos, empregando pouco ou muito tempo, aliando acessórios ao look, é possível levar este estilo como inspiração para o dia a dia. Selecionei algumas imagens do Pinterest: inspirem-se!

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *